Aquele atendente foi um anjo!


Já se “pegou” questionando essa tal excelência no atendimento ao cliente?

As vezes a gente tem que pedir pelo amor de Deus para ser atendido, tem que utilizar toda inteligência emocional para contornar a grossura ou mal humor de um atendente e o pior, quando recebemos o atendimento “básico” ou somos bem atendidos, ficamos surpresos, extasiados e dizemos: - nossa aquele atendente foi um anjo!

Sabe por que isso acontece?

Vamos explorar o assunto: Ter um Trabalho x Exercer um Ofício.

Etimologicamente falando – a palavra Trabalho tem sua origem no vocábulo latino “tripallium” – denominação de um instrumento de tortura formado por três (tri) paus (palllium). Desse modo, originalmente, Trabalhar significa ser torturado no tripalium.

Olha o que a etimologia nos diz sobre a palavra Oficio – do latim Officium, “serviço, ocupação, emprego, poder, meios para abundância, mais Facere, “fazer, realizar”.

Então podemos concluir que, ter uma ocupação profissional não deveria ser nenhum sacrifício. Sacrifício? A origem da palavra (sacro – Officium, “serviço sagrado”) revela que seu verdadeiro significado é “santificar ou tornar sagrado”. Sacrificar não é renunciar a alguma coisa para conseguir outra mais desejada. Sacrificar é o ato de re-significar alguma coisa, dar um novo valor, trocar de plano, elevar a fim de conseguir alcançar uma consciência mais elevada.

Hoje em dia existe uma grande movimentação para que as pessoas descubram sua missão de vida, seu propósito, e o coloquem à serviço, pois sabe-se que quando uma pessoa faz o que gosta, utiliza seus talentos profissionalmente, faz com prazer, com excelência, entra em “flow” ¹ e todos se beneficiam disso.

E não importa o tipo de atividade, não existe o mais nobre ou menos nobre.

Percebeu a diferença? E pasmem, dados divulgados nesta quinta-feira 17.08.2017 pelo Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE) revela que são mais de 26 milhões de brasileiros desempregados ou sub-ocupados.

Existe um número exacerbado de pessoas mais preocupadas com seu “ganha pão” que se sujeitam a qualquer tipo de Trabalho, e o resultado disso é: Fornecedores e Clientes descontentes, produtos sem qualidade, pontes que caem, geladeiras que pegam fogo e...poderíamos ficar horas listando esses eventos.

Mas o mais alarmante, se tempo = vida, quantos estão por aí desperdiçando?

E você é um atendente anjo?

¹ O conceito de Flow ou experiência ótima pode ser entendido com estado que as pessoas relatam quando estão envolvidas de tal maneira em uma atividade, a ponto de esquecer o tempo, a fome, a fadiga e tudo o mais e não ser a própria atividade em que ocorre um total engajamento com a atividade. (Csikszentmihalyi)

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square